quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Diagnóstico de câncer da pele

Mais um centro de excelência na área da saúde, participa da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele, desenvolvida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

No sábado (5), a Clínica de Dermatologia do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) atenderá a população para prevenção e diagnóstico do câncer de pele, cuja incidência é mais alta que a do câncer de mama e de próstata.

As consultas acontecerão gratuitamente das 9 às 15 horas, no Prédio dos Ambulatórios (à Av. Enéas de Carvalho Aguiar, 155, Cerqueira Cesar, São Paulo, próximo à estação Clínicas do Metrô).

Mais informações: (11) 3069-7879

Ainda falando de câncer da pele...

Faça exame preventivo para câncer da pele, se você tiver qualquer uma destas características:
- Pele clara que não consegue bronzear
- Muitas pintas pelo corpo
- Cabelos e olhos claros
- Familiares que tiveram câncer da pele
- Sofreu queimaduras solares
- Sardas no rosto ou ombros
- Ferida que não cicatriza
- Pinta que está crescendo
- Já teve câncer de pele.

Câncer da Pele

A Santa Casa de São Paulo, com o apoio da Sociedade Brasileira de Dermatologia irá participar, no dia 5 de dezembro, sábado, das 8h às 16h, da Campanha Nacional de Prevenção do Câncer da Pele.

Neste dia, médicos dermatologistas e médicos residentes da Clínica de Dermatologia da Santa Casa examinarão a pele da população e darão palestras de esclarecimento sobre a doença e sobre os fatores de riscos relacionados ao câncer da pele. Não é necessário fazer inscrição, basta comparecer no local informado no dia da Campanha.

O exame preventivo faz parte do Programa Nacional de Controle do Câncer da Pele, da Sociedade Brasileira de Dermatologia que visa informar o público a respeito da doença, orientar no sentido de mudar atitudes e comportamentos que contribuem para o surgimento do câncer da pele e poder diagnosticá-lo.

Serão realizadas orientações em relação à exposição solar, ao bronzeamento artificial, como fazer o auto-exame para identificar pintas e encorajar as pessoas a procurarem o médico assim que uma lesão suspeita for notada. Segundo estatística do Instituto Nacional de Câncer, embora o câncer da pele seja o tipo de câncer mais freqüente, correspondendo à cerca de 25% de todos os tumores malignos registrados no Brasil, quando detectado precocemente este tipo de câncer apresenta altos percentuais de cura.

Campanha de Prevenção do Câncer da pele
Exame Gratuito
Local: Santa Casa de São Paulo – Pavilhão Conde de Lara / Térreo
Rua Dr. Cesário Motta Júnior, 112 – Santa Cecília
Data: 05/12/2009 – Sábado
Horário: 8h às 16h

(fonte: Assessoria de Imprensa Santa Casa/SP)

Formação de terapeuta comunitário

O Instituto de Psiquiatria - IPq do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP - realiza no período março/2010 a junho/2011 curso de Formação de Terapeuta Comunitário, destinado a trabalhadores, alunos e profissionais da área da saúde, educação, assistência social, cientistas sociais, lideranças comunitárias, agentes de saúde e pessoas interessadas no trabalho com grupos e em comunidades.

O objetivo é sensibilizar e capacitar pessoas que trabalham com grupos para a prática da terapia comunitária no contexto da atenção primária à saúde para exercerem uma atividade de prevenção e inserção social de indivíduos, famílias e comunidades em situações de risco, crise e sofrimento psíquico. A terapia comunitária é um espaço de escuta, partilha de sentimentos e experiências de vida. Uma metodologia própria que possibilita a ajuda mútua e a mobilização de recursos e competências, por meio da ação terapêutica do grupo.

Valor do curso: 14 parcelas de R$ 330,00.
Organização: Programa de Neuropsiquiatria e Centro de Aprimoramento de pessoal do IPq-HCFMUSP; TCendo.sp - Ensino e Desenvolvimento, grupo de trabalho multiprofissional que tem por finalidade promover e divulgar a terapia comunitária - pólo formador reconhecido pela ABRATECOM.
Informações: 3069 6267 ou e-mail: ceap.ipq@hcnet.usp.br

(fonte: Assessoria de Imprensa IPq - HC / FM USP)

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Desafio Global On-Line Para Promover Nutrição de Qualidade

O Changemakers da Ashoka e a GAIN (The Global Alliance for Improved Nutrition) buscam, através do Desafio “Nutrição de qualidade: soluções inovadoras” (http://www.changemakers.com/pt-br/node/55611/entries), soluções empreendedoras e inovadoras que produzam impacto sobre a nutrição no mundo.

Segundo as instituições, pode-se promover o acesso à boa nutrição para a população do mundo inteiro. A questão é como fazer disso uma realidade para comunidades que são privadas de alimentação adequada ou que desconhecem os benefícios provenientes do hábito de se alimentar bem.

O Desafio é aberto aos inovadores que apresentem ideias, capazes de garantir a nutrição a todos, bem como informações que permitam que todos se convençam da importância de uma boa nutrição. Soluções com potencial de crescimento e escala podem surgir de ideias criativas dos membros da comunidade e de organizações sociais locais e globais.

De acordo com a diretoria do Changemakers, “As melhores soluções devem apresentar programas públicos de educação, que sejam inovadores, uso criativo da tecnologia, produtos nutritivos inovadores, ou outras abordagens empreendedoras que já não estejam amplamente implementadas.

Os três vencedores do Desafio receberão um apoio financeiro de US$ 5,000, exposição na mídia e terão suas iniciativas divulgadas e reconhecidas, no Changemakers.com, como modelos que contribuem para a mudança social.

A comunidade do Changemakers escolherá, por votação on-line, os vencedores entre os finalistas selecionados por um jurado de especialistas. Todos são bem vindos à comunidade do Changemakers, você pode indicar os projetos, inscrever uma grande ideia, votar nos finalistas e interagir com membros da comunidade comprometidos com a mudança social.

Sobre a GAIN (Global Alliance for Improved Nutrition)
A GAIN (The Global Alliance for Improved Nutrition) é uma aliança orientada pela visão de um mundo sem desnutrição. A GAIN mobiliza parcerias público-privadas e fornece apoio financeiro e técnico para viabilizar o oferecimento de alimentos mais saudáveis e suplementos para aquelas pessoas com maior risco de desnutrição. Nossos projetos de parcerias inovadoras em mais de 25 países estão melhorando a vida de quase 200 milhões de pessoas. Nossa carteira de projetos está crescendo e nosso objetivo é chegar a um bilhão de pessoas.

Sobre o Changemakers da Ashoka
A Ashoka é uma organização que há 30 anos busca, investe e amplia o trabalho de empreendedores sociais no mundo. O Changemakers é uma iniciativa da Ashoka, uma comunidade global de ação que conecta pessoas para compartilhar ideias, inspirar e receber orientações, e buscar as melhores soluções em inovação social.

(fonte: informações do Changemakers da Ashoka)

Atividade Cerebral na Vigília e no Sono

No sábado (5), às 15 horas, a Estação Ciência da USP promove o evento gratuito “Atividade Cerebral na Vigília e no Sono – Sonhos e Prática de Meditação Dirigida”.

O encontro traz cientistas convidados para conversar com o público e faz parte do ciclo de palestras mensais Neuro-Ciências, Arte e Filosofia.

O evento se propõe a identificar ondas de eletroencefalograma, correlacionadas a comportamentos de alerta, vigília relaxada, sono e sonhos. Em seguida, será efetuada meditação dirigida, a fim de que seja experienciada essa mudança de atividade cerebral e orgânica.

A participação é gratuita e aberta a todos os interessados, que devem se inscrever pelo email eventos@eciencia.usp.br ou telefone (11) 3675-8828. O evento acontece no auditório “Ernst W. Hamburger” da Estação Ciência, que tem capacidade para 190 pessoas (Rua Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo).

(fonte: USP Online)

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Laserterapia melhora aparência da cicatriz cirúrgica

A laserterapia poderá ser aplicada com sucesso na melhora do aspecto das cicatrizes resultantes de incisões cirúrgicas. A técnica é normalmente utilizada em fisioterapia para combater a dor em casos de artrose, bursite e tendinite. “O laser de baixa intensidade quando aplicado em grandes cicatrizes torna-as mais finas e com aspecto estético funcional melhor”, conta o fisioterapeuta Rodrigo Leal de Paiva Carvalho.

Confira a matéria completa em: http://www.usp.br/agen/?p=12325

Blog de nutrição

O Laboratório de Técnica Dietética da Faculdade de Saúde Pública da USP criou um blog para se comunicar com usuários e visitantes.

O laboratório desenvolve novas pesquisas na área de alimentação e nutrição. Nas disciplinas ministradas, os alunos de nutrição da USP aprendem técnicas como a pesagem dos ingredientes, métodos de cocção, porcionamento, apresentação e avaliação sensorial das preparações. O laboratório também padroniza receitas e faz receitas modificadas, como alimentos sem glúten.

No endereço http://ltdfsp.blogspot.com/ há links para artigos, receitas, projetos em desenvolvimento, notícias, além da seção de fotos “Direto do forno”, sobre os testes de receita que acontecem no laboratório.

(Fonte: Agência USP de Notícias)

Dia Mundial na Luta Contra o Câncer

Nesta quinta-feira (dia 26/11), o Instituto Central (IC) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) promove campanha de sensibilização sobre os malefícios do tabaco e de outras drogas para a saúde, junto com o Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas da Secretaria de Estado de Saúde.

Uma tenda será montada na calçada do Prédio dos Ambulatórios, por onde circulam diariamente cerca de 10 mil pessoas. No local haverá testes de monóxido de carbono expirado, distribuição de material educativo e orientações. A atividade, parte integrante das ações em atenção ao Dia Mundial na Luta Contra o Câncer, acontecerão das 10 às 15 horas. A organização é do Comitê Antitabagismo do IC, que comemora um ano do projeto “ICHC livre do Tabaco”. O projeto tem submetido à terapia de reposição da nicotina os pacientes que se declaram fumantes no momento da internação.

O prédio dos ambulatórios fica na Av. Enéas de Carvalho Aguiar, 155, Cerqueira César, São Paulo, próximo à Estação Clínicas do Metrô.

Mais informações: (11) 3069 -7879/ 6246.

(fonte: Assessoria de Imprensa IC)

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Ciúme excessivo e amor patológico

O Instituto de Psiquiatria - IPq do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP - está em busca de voluntários para realização de estudo. As pessoas de ambos os sexos, maiores de 18 anos, devem apresentar um dos seguintes transtornos do impulso:
- ciúme excessivo: especificamente aquele ciúme direcionado ao parceiro amoroso e que esteja prejudicando o relacionamento do casal, tendo como características pensamentos e emoções irracionais associados a comportamentos inaceitáveis ou extremos, onde a preocupação com a infidelidade do parceiro é baseada em evidências incoerentes.
- amor patológico: caracterizado pela atenção e cuidados excessivos com o parceiro, sem controle e sem liberdade de escolha, passando o mesmo a ser objeto prioritário na vida da pessoa, em detrimento de outros interesses antes valorizados.

Agendar triagem pelo tel. 3069 7805 ou e-mail: contato@amiti.com.br
(fonte: Assessoria de Imprensa IPq - USP)

Campanha de Doação de Sangue - Santa Casa

O Hemocentro da Santa Casa de São Paulo está comemorando a Semana do Doador de Sangue - de 23 a 27 de novembro, em homenagem ao “Dia Nacional do Doador de Sangue, 25 de novembro".

Durante a semana, o Hemocentro fará uma programação especial para agradecer os doadores, como apresentações de grupos musicais no dia 25/11. As pessoas que realizarem a doação, além de se divertirem com uma programação que atenderá a todas as idades, estarão salvando vidas.

Com apenas uma bolsa de sangue é possível atender a necessidade de três pessoas. É importante que a população doe sangue, os baixos índices de doação de sangue podem prejudicar ou levar ao cancelamento de cirurgias e atendimentos de emergência. O Hemocentro da Santa Casa é responsável pelo abastecimento de nove hospitais.

Para doar sangue é necessário:
- Estar em boas condições de saúde;
- Ter entre 18 e 65 anos;
- Ter peso superior a 50 kg;
- Vir alimentado, evitando alimentação muito gordurosa e bebida alcoólica pelo menos até 12 horas antes da doação;
- Dormir pelo menos seis horas nas últimas 24 horas que antecedem a doação;
- Apresentar documento de identificação com foto emitido por órgão oficial (carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Passaporte e CNH);
- Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses;
- Não estar resfriado, tomando antibióticos ou antiinflamatórios.

Postos de Coleta:
Hemocentro da Santa Casa de São Paulo
Rua Marquês de Itu, 579 – Vila Buarque
(Próximo ao metrô Santa Cecília)
Tel: 2176-7258 – você pode agendar sua doação
De segunda à sexta-feira – das 7h00 ás 18h00
Sábados – 7h00 às 15h00
Estacionamento gratuito dentro da Santa Casa

Hospital São Luiz Gonzaga
Rua Michel Ouchana, 94 – Jaçanã
Tel: 3466-1000
De segunda à sexta-feira - das 07h00 às 15h30
Sábados das 07h00 às 11h30

Hospital Geral de Guarulhos
Alameda dos Lírios, 200 – Pq. Cecap

Tel: 3466-1416/1446
De segunda à sexta-feira - das 07h30 às 15h30

Hospital Pérola Byington
Avenida Brigadeiro Luiz Antonio, 683 – 4º andar – Centro
Tel: 3248-8111
De segunda à sexta-feira - das 07h00 às 11h30

Mais informações acesse o site www.santacasasp.org.br/doesangue ou ligue 2176-7158.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Cardápio ideal para fortalecer a memória


A prática de atividades culturais e de raciocínio ao longo de toda a vida é um hábito preventivo na luta contra a Doença de Alzheimer. Na lista de exercícios mentais que criam mais conexões entre os neurônios, mantendo o cérebro ativo, estão leitura, xadrez e palavras cruzadas. A alimentação entra em cena como fortalecedora da memória, ao lado de tais atividades.

É fato que a habilidade de reter informações recém-adquiridas declina com a idade. Isso acontece devido às mudanças neuronais, que envolvem acúmulo de substâncias não-essenciais, perda de mielina essencial, regressão geral de neurônios e diminuição do número de conexões entre os neurônios. Tais fatores ocorrem naturalmente, com o decorrer dos anos. Porém, a ação dos nutrientes pode retardar o envelhecimento.

"O consumo de frutas, verduras, legumes, leguminosas, cereais integrais e oleaginosas é recomendado para o fortalecimento da memória. Tais alimentos são fontes de nutrientes importantes para a saúde cerebral", ensina Danira Passos, nutricionista funcional da AferBio Bio Alimentos. Entre os alimentos recomendados, ela destaca mamão, manga, melancia, laranja, brócolis, couve-flor, repolho, espinafre, rúcula, feijão, soja, ervilha, alfafa, castanha, azeite, peixes e shitake.

A matéria completa está disponível em:

Atendimento gratuito de neuroreabilitação

O Hospital Sarah Rio, especializado em neuroreabilitação, inaugurado em maio deste ano, na Barra da Tijuca, está cadastrando para atendimento novos pacientes - adultos e crianças - com as seguintes patologias:
  • paralisia cerebral
  • crianças com atraso do desenvolvimento motor
  • sequela de traumatismo craniano
  • sequela de AVC
  • sequelas de hipóxia cerebral
  • malformação cerebral
  • sequela de traumatismo medular
  • doenças medulares não traumáticas como mielites e mielopatias
  • doenças neuromusculares como miopatias, neuropatias periféricas hereditárias e adquiridas, amiotrofia espinhal
  • doença de Parkinson e Parkinsonismo
  • ataxias
  • doença de Alzeihmer e demências em estágio inicial
  • esclerose múltipla
  • esclerose lateral amiotrófica em estágio inicial
  • mielomeningocele
  • espinha bífida
  • paralisia facial
O atendimento é totalmente gratuito. O cadastro para atendimento de novos pacientes é feito exclusivamente pelo telefone: (21) 3543-7600, das 08 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

Tratamento para dependentes de cocaína

O Instituto de Psiquiatria ( IPq) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP está testando uma nova forma de tratamento para dependentes de cocaína, por meio de estimulação magnética transcraniana - EMT.

Serão aceitos homens e mulheres de 18 a 40 anos, que não apresentem outras dependências químicas, exceto tabaco. Agendar triagens pelo telefone: (11) 3069-8159.
(fonte:Assessoria de Imprensa - IPq-HC/FM-USP)

Santa Casa realiza Campanha de Prevenção do Diabetes

A Santa Casa de São Paulo, através da Clínica de Endocrinologia em parceria com a Liga de Diabetes da Faculdade de Medicina da Santa Casa, o Laboratório Abbott e a Sociedade Brasileira de Diabetes, irá realizar a “Primeira Campanha de Prevenção do Diabetes” no dia 11 de novembro, das 8h às 12h, no Hospital Central da Santa Casa.

Neste dia, será realizado atendimento à população com testes de medição de glicose, distribuição de material nutricional e uma palestra de esclarecimento sobre a doença, prevenção e tratamentos adequados, com a presença de médico endocrinologista e nutricionista. Não é necessário fazer inscrição, basta comparecer no local informado no dia da Campanha.

Exame Gratuito
Clínica de Endocrinologia da Santa Casa de São Paulo
Local: Santa Casa de São Paulo – Saguão Central / Rua Dr. Cesário Motta Junior, 112 – Vila Buarque
Data: 11/11/2009 – quarta-feira
Horário: 8h às 12h

Palestra gratuita
Horário: 10h30m às 11h30m
Local: Anfiteatro Prof. Dr. Emílio Athié
(fonte: Assessoria de Imprensa Santa Casa/SP)

Incorpore-se!

A dica é para corredores (atletas) e também pra quem 'corre' atrás de uma melhor qualidade de vida, bem-estar e saúde.

Fundada em 1982, a CORPORE é hoje centro referência para os esportistas, além do maior clube de corredores da América Latina. Sempre inovando, a entidade disponiliza na uma ótima revista on-line. Pra conferir as boas matérias da revista Incorpore-se, basta clicar em:http://www.incorporese.com.br/?from=corpore

Na edição de numero 74, destaque para as pautas do café da manhã e sua importância para o esportista e vida em rede. Boa leitura!

Hospital do Homem

O Hospital do Homem, em São Paulo, já existe há certo tempo, mas aparentemente vem sendo utilizado menos do que sua capacidade comporta.

O hospital ocupa uma área de 1,1 mil m² epossui equipamentos especiais para exames de ultrassom, urologia e procediemntos de litotripsia (que destrói o cálculo renal através de ondas de impacto).

A unidade reúne especialidades médicas como andrologia, patologias da próstata e urologia, além dos núcleos de alta resultabilidade (check-up) e de ensino e pesquisa.

O departamento de patologias da próstata é dividido em dois setores: diagnóstico e tratamento das DST, prostatites (infecções da próstata causadas por bactérias e vírus) e prevenção do HIV e HPV; e tumores (câncer e hiperplasia benigna da próstata).

Já na área de urologia, o Centro conta com profissionais de nefrourologia (hipertensão renovascular e transplante renal), endocrinourologia, neurourulogia (disfunções da vesícula, uretrais e incontinência urinária) e urologias geriátrica e plástica.

O Hospital do Homem funciona no antigo Hospital Brigadeiro, localizado na Av. Brigadeiro Luis Antonio, 2.651, no Jardim Paulista, em São Paulo(SP). O telefone é o seguinte: (11) 3289-2421.

Colesterol alto dificulta cicatrização de mucosa bucal

São inúmeros os trabalhos científicos que comprovam que o colesterol alto, a chamada hipercolesterolemia, é um dos fatores determinantes para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Agora, pesquisa na Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP) da USP indica que o colesterol alto também é um vilão para os tecidos da mucosa bucal que, alterados, podem acarretar dificuldades no processo de cicatrização. Além disso, a pesquisa revela que alguns desses efeitos são progressivos, ou seja, se tornam mais expressivos com o uso contínuo de alimentação com alto índice de colesterol.

Confira a matéria completa, assinada por Rosemeire Soares Talamone, em: http://www.usp.br/agen/?p=10083

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Gagueira - entrevista

Um dos principais transtornos de fluência verbal, a gagueira do desenvolvimento atinge 37% das crianças com até três anos de idade e 68% das que têm entre três e sete anos de idade. O transtorno acomete, ainda, cerca de 5% da população de todo o mundo. Para falar dos transtornos de fluência, especialmente a gagueira, conversei no Pod Ter Saúde com a fonoaudióloga Profª Leila Nagib, coordenadora do Ambulatório de Transtornos de Fluência da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). As causas, características, tratamento e o preconceito que cercam a gagueira são aspectos esclarecidos pela especialista. Ouça a entrevista em: http://www.podtersaude.com.br/2009/10/19/gagueira/

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Dia Internacional de Atenção à Gagueira

Já falamos aqui que em 22 de outubro comemora-se o Dia Internacional de Atenção à Gagueira o mundo e que neste ano a campanha vai se voltar, especialmente aos professores, com orientações que possam auxiliá-los em sala de aula ao se depararem com alunos que gaguejam.

No Rio de Janeiro, acontece um evento gratuito e aberto ao público em geral na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Sob a coordenadora regional da fonoaudióloga Profª Leila Nagib, o evento acontece no dia 19 de outubro de 2009 e tem como tema “As universidades do Rio de Janeiro, as abordagens metodológicas e a prática clínica de cada entidade em Fluência e seus transtornos”.

O programa do encontro é o seguinte:
  • 8h30 - Profª Monica de Britto, Universidade Veiga de Almeida
  • 9h - Profª Regina Jakubovicz, Universidade Estácio de Sá
  • 9h30 - Profª Ana Paula de Azevedo, Centro Universitário Celso Lisboa
  • 10h - Profª Leila Nagib, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O evento acontece no Instituto de Neurologia Deolindo Couto da Universidade Federal do Rio de Janeiro, localizado à Avenida Wenceslau Brás, 95, Campus da Praia Vermelha. Não é necessário fazer incrição para participar.

domingo, 11 de outubro de 2009

Fluência Verbal

Recebi recentemente um texto bem interessante da fonoaudióloga Profª Leila Nagib, que atua como Coordenadora do Ambulatório de Transtornos de Fluência da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O artigo da professora fala particularmente sobre gagueira. O texto, na íntegra, segue abaixo.

Fluência, Transtornos de Fluência e Terapia Fonoaudiológica.
A compreensão dos conceitos de saúde e a qualidade está diretamente ligada e pode-se dizer que a comunicação eficaz tem relação estreita com esses aspectos.

A fluência da fala é uma habilidade da linguagem que é adquirida gradativamente, conforme a sua prática, o que requer tempo e ensaios. Portanto, para se ter fluência é necessário falar de modo corrente e muitas vezes; desse modo, ela é aprimorada pelo reforço da habilidade. Desenvolver habilidade da fluência tem implicação na expansão de mecanismos dos processos automáticos e muito pouco conscientes, ou seja, quanto mais houver fluência, menos atenção precisa ser voltada à fala. A fluência simplesmente acontece, sem que a pessoa saiba explicar exatamente como consegue.

Os transtornos de fluência são 5: a gagueira do desenvolvimento, a psicogênica e a neurológica, a taquilalia e a taquifemia.

A gagueira é um transtorno de fluência verbal e se caracteriza por hesitações, prolongamentos freqüentes de sons, de sílabas ou de palavras, repetições e pausas sucessivas que abalam a fluência da fala.

Cientificamente, pode ser explicada como um problema relacionado aos Núcleos da Base, que estão ligados à automatização de tarefas, sendo assim, a gagueira ocorre quando há uma negligência cerebral na automatização dos movimentos de fala, principalmente diante da palavra espontânea. Ela é involuntária e por isso a pessoa que tem gagueira não tem controle e não consegue evitar a sua ocorrência. A dificuldade se encontra em não estabelecer sinal diante do término de um fonema, de um som ou sílaba e iniciar outro som ou sílaba.

A gagueira do desenvolvimento acomete crianças em 37% até os 03 anos de idade e 68% entre 3 e 7. Atinge cerca de 5% da população de todo o mundo. Desse percentual, 1% terá um transtorno ou seja, um problema crônico, manifestando-se assim como um grande obstáculo para a comunicação. Na CID 10 seu código é F98.5.

É mais encontrada no sexo masculino, numa proporção de 4 para 1. Aproximadamente 25% das crianças que apresentam sintomas não fluentes se tornam gagas. Inexiste ainda um consenso quanto à causa da gagueira, autores defendem distintas etiologias. Existem alguns sinais predisponentes relacionados à hereditariedade, ao biológico, ao psicológico, ao lingüístico e ao social, que somados podem estabelecer uma tipologia da não fluência da fala.

Na infância, vêem-se crianças que apresentam sintomas disfluentes, mas que vivenciam apenas um período de desenvolvimento lingüístico, social, emocional, biológico e neuropsicomotor relacionado às novidades da idade. Elas perfazem o percentual de 75% que não terá o transtorno verdadeiro da gagueira.

Causada pela dificuldade dos núcleos da base de indicar o término de um som, a gagueira parece ter a transmissão genética da propensão para gaguejar, contudo, apresentar herança genética para ela não resulta, essencialmente, na sua materialização. A sua manifestação encontra-se bastante relacionada à interação com o ambiente, deste modo, faz-se necessário o acompanhamento fonoaudiológico à criança e à família, principalmente, para desmistificar o que não é científico a respeito do assunto.

A gagueira psicogênica não é uma verdadeira gagueira e sim um sintoma de conversão. Neste caso, a alteração na fluência da fala é a expressão de um conflito ou de uma necessidade psíquica. Ela se apresenta com algumas diferenças da gagueira do desenvolvimento, por ter causa psicológica. Surge em adultos (diferente da gagueira de desenvolvimento) que nunca haviam gaguejado, e se inicia a partir de um trauma psicológico. Nesses casos, o psicólogo deve atuar e o prognóstico é excelente, já que a causa é psicológica. Claro que em outra situação, se a gagueira estiver afetando a vida, impossibilitando suas ações sociais, afetivas e outras, a psicoterapia também é eficaz, contudo, questões ligadas à auto-estima, timidez na comunicação e outros, não estão relacionados à gagueira e qualquer pessoa pode vivenciá-los.

A gagueira neurológica é um dos sintomas que podem acometer uma pessoa que teve um acidente neurológico e também tem distinções marcantes da gagueira do desenvolvimento.

A taquilalia se caracteriza por uma taxa de articulação ("velocidade de fala") elevada, suficientemente intensa para prejudicar a inteligibilidade da mensagem. Não ocorrem sintomas de fala gaguejada.

A taquifemia, assim como a taquilalia, é caracterizada por uma taxa de articulação ("velocidade de fala") elevada, suficientemente intensa para prejudicar a inteligibilidade da mensagem. Entretanto, dois outros sintomas também são obrigatórios para o diagnóstico de taquifemia: aumento significativo no número de hesitações/disfluências comuns e pouca consciência do distúrbio de fluência. Além disto, essa fala taquifêmica pode apresentar alterações fonológicas e/ou fonéticas, o que prejudica a inteligibilidade ainda mais. Muitas vezes esses sintomas são apresentados também na linguagem escrita.

A fonoaudiologia tem bases científicas para o trabalho com as pessoas que gaguejam e suas famílias. A família deve ter a orientação do especialista para que aprenda a lidar com os sintomas e comportamentos que podem acompanhar a gagueira de seu filho, no caso de crianças com gagueira. Portanto, quanto mais precocemente iniciar a terapia, melhores as chances de se obter bons resultados. Essas orientações são essenciais para se estabelecer reações mais leves no período em que a gagueira surge e pode se desenvolver.
A disponibilidade dos pais, a assiduidade, o interesse, a necessidade de intervenções precoces mais estreitas, maior ou menor facilidade de estabelecer um feed back com o terapeuta e vice e versa, são algumas variantes importantes do processo terapêutico. O objetivo da terapia é a reintegração da fluência ou a suavização dos sintomas. Na medida em que a interação social se estabelece, também há maior qualidade de vida e bem estar, instituídos pelo aprimoramento na transmissão do ato de se comunicar.

Em 22 de outubro comemora-se o Dia Internacional de Atenção à Gagueira em todo o mundo e nesse ano a campanha volta-se ao professor, com orientações que podem auxiliá-lo em sala de aula ao depararem com alunos que gaguejam.

Crianças acham mais fácil falar quando há poucas interrupções e quando têm a atenção do ouvinte. Ao invés de evitar que o aluno fale, por exemplo, o professor deve convidar a criança que gagueja para a leitura em voz alta, permitir que ela leia junto com outra criança, isto facilitará a sua fluência. Deixar que outras duplas leiam juntas algumas vezes, pode ser uma prática importante no desenvolvimento da fluência na escola. Ensiná-los que existem momentos de falar e outros de escutar também facilitará a comunicação entre o aluno que apresenta gagueira e o ouvinte. Fazer contato visual; prestar atenção ao conteúdo e não na forma do dizer; falar com ela de maneira tranqüila e antes de iniciar a fala; ouvi-la até o fim e aguardar alguns segundos após ela ter concluído aquilo que gostaria de dizer; não completar as palavras e ter desmistificado o assunto gagueira, podem ser medidas simples e importantes que devem ser tomadas. Os professores, bem como os pais podem, na orientação, aprender como lidam com os sintomas de gagueira e com as reações adversas a ela.

Importante lembrar que a gagueira, distúrbio da fluência verbal, não é um transtorno psicológico e o fonoaudiólogo é o profissional adequado a tratá-la. Nem todo fonoaudiólogo sabe tratar a gagueira, há que ter conhecimentos aprofundados ou ser um especialista na área da fluência.

(artigo da Professora Leila Nagib - Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina da UFRJ /Coordenadora do Ambulatório de Transtornos de Fluência - CRFa 2807/RJ)

Estimulação magnética trata depressão pós-parto

Grupo de pesquisa do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da USP desenvolveu um novo tratamento para depressão pós-parto que não afeta o leite materno e têm bons resultados num curto período de tempo. Por quatro semanas, as mulheres que participaram do estudo foram submetidas a estimulação magnética transcraniana (EMT). Nessa técnica, um campo magnético promove a ativação de neurônios, ou sistemas neuronais, desativados em função de diferentes patologias.

Martin Luiz Myczkowski, pesquisador do IPq e psicólogo, desenvolveu um estudo de mestrado baseado no estudo desenvolvido no Instituto. Ele conta que dez pacientes foram estudadas: “Apesar de nossa amostra ser pequena, comparando pacientes que fizeram o tratamento com as que não fizeram, percebemos uma melhora muito grande. Uma depressão que era grave se tornou leve, ou praticamente sumiu.”

A matéria completa, assinada pela jornalista Beatriz Flausino, pode ser conferida em:

sábado, 10 de outubro de 2009

Dicas de Nutrição

Três alunas da Faculdade de Saúde Pública (FSP ) da USP são as criadoras do blog Nutrição e Gastronomia no Mercado Municipal Paulistano, que dá dicas sobre como fazer pratos saborosos e saudáveis com os produtos encontrados no “Mercadão”.

O internauta também encontra na página a história do Mercado Municipal, informações sobre as visitas monitoradas ao local e uma agenda com os eventos que acontecerão por ali. Maria Carolina Pelatieri Rodrigues do Vale, Denise Eugenia Pereira Coelho e Thalita de Moura Santos, alunas do quinto ano do curso de graduação em nutrição da FSP, desenvolveram o site como atividade do estágio obrigatório que realizam no Mercado.

Mais informações: e-mail carolpelatieri@usp.br

Pesquisa sobre Fadiga


O Instituto de Ensino e Pesquisa em Geriatria e Gerontologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) recruta voluntários de 18 a 70 anos que tenham problemas de fadiga para pesquisa com medicação. Os participantes serão acompanhados por uma equipe médica por 60 dias. Inscrições podem ser feitas pelo seguinte telefone: (11) 5579-0400, com Fátima ou Patrícia, das 9h às 13h.

Chupeta


Estudo feito na Unicamp com 226 crianças de dois a quatro anos aponta que mais da metade delas mantinha hábitos bucais inadequados, sendo que a chupeta foi o objeto mais significativo nas chamadas má-oclusões bucais. Uma outra pesquisa realizada com 375 crianças com até cinco anos mostrou que aquelas que usaram chupeta por mais de dois anos após o nascimento tinham maior tendência a ter arcada dentária mais larga no maxilar inferior do que aquelas que chuparam dedo. Vale reavaliar, não?

Úlceras por Pressão

No dia 23 de outubro, das 8 às 18 horas, acontece a primeira edição do Encontro Internacional sobre Úlceras por Pressão, promovido pelo Curso de Especialização de Enfermagem em Estomaterapia, da Escola da Enfermagem (EE) da USP, e pela disciplina de Cirurgia Plástica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Estará presente professora Barbara Braden, da Universidade de Craighton, nos EUA.

Procedimentos e ficha de inscrição, bem como a programação completa podem ser consultados no site da EE. Os valores são de R$ 120,00 para profissionais e R$ 40,00 para estudantes.

A Escola de Enfermagem fica na Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419, Cerqueira César, São Paulo, próxima à estação Clínicas do metrô.

Mais informações: (11) 3061-7531, site www.ee.usp.br/culturaeextensao/eventos.htm

Prós e contras de cortar os carboidratos da alimentação


As dietas pobres em carboidratos são muito populares. Você deve conhecer alguém que já testou alguma das inúmeras opções dessa dieta que reduz a quantidade de carboidratos: Dr. Atkins, South Beach, Poder da proteína. Mas a pergunta que fazemos é: ela realmente funciona? Quais são, a longo prazo, as consequências dessas dietas pobres em carboidratos para a saúde? Confira a matéria completa no site da revista Seleções. Clique em:

Dicas para evitar cólicas em bebês



  1. Ofereça somente leite materno até os seis meses

  2. O bebê deve sugar o bico e parte da auréola da mama ao mamar

  3. A mãe não deve exagerar no consumo de gorduras e consumir bastante líquido

  4. Faça massagem suave na barriga do bebê com as mãos


(Fonte: pediatra Eliane Henrique S Moreira Alfani/Folha)

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Radiações do Celular

No dia 24, às 17 horas, o Parque CienTec da USP receberá a palestra As Radiações da Telefonia Celular, que será ministrada por Emico Okuno, professora do Instituto de Física (IF) da USP.

Dependendo de sua frequência, as ondas eletromagnéticas recebem denominações especias, tais como: raios X, raios gama, radiação ultravioleta, luz visível, radiação infravermelha, microondas, ondas curtas, etc. A onda na faixa de microondas, utilizada na telefonia celular, interage principalmente com a molécula de água, agitando-a. Essa propriedade é utilizada no cozimento de alimentos em fornos de microondas e no aquecimento de regiões do corpo em tratamento fisioterápico com ondas curtas.

Quanto a outros efeitos da radiação de micro-ondas no corpo humano, como tumores cerebrais, os resultados de pesquisas continuam sendo contraditórios e muito polêmicos, sendo isso indicação de que, se houver efeito, ele deve ser extremamente pequeno.

O evento é gratuito e aberto a todos os interessados. Não é necessária inscrição prévia. Após a palestra, se o tempo permitir, haverá observação do céu através de lunetas.

O Parque CienTec fica na Av. Miguel Stéfano, 4200, Água Funda, São Paulo.

Mais informações: (11) 5077-5314.

(fonte: Parque CienTec)

Saúde Masculina

No sábado (10), a partir das 9 horas, os alunos do primeiro ano do curso de medicina na Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) estarão no Educandário Dom Duarte, no Jardim São Jorge (Zona Oeste de São Paulo) para promover um projeto que busca chamar a atenção dos homens para sua saúde, por meio do futebol.

Além de participarem de uma partida de futebol de salão, a ideia é que cerca de 80 homens da comunidade assistam à palestra do professor Miguel Srougi, da FMUSP, sobre saúde e urologia.

Antes e depois do evento, os participantes responderão a questionários para se verificar o nível de conhecimento sobre os temas e a expectativa em relação à proposta de cuidar mais da saúde.

O encontro faz parte da “Ação na Comunidade”, uma das atividades desenvolvidas pela disciplina de Atenção Primária à Saúde I, da FMUSP. Desde o primeiro ano do curso, os estudantes convivem com a rotina das Unidades Básicas de Saúde (UBS) da Zona Oeste da capital administradas pela faculdade. A iniciativa de trabalhar com o público masculino veio da constatação de que poucos homens procuram os serviços de saúde.
Mais informações: (11) 3078-2356.

(fonte: Assessoria de Imprensa da Faculdade de Medicina /USP)

Psicologia Clínica

Como parte da disciplina Avatares da sublimação – o Pharmakon: violência e força nas adicções, do curso de Pós-graduação em Psicologia Clínica, o Instituto de Psicologia (IP) da USP abre ao público inscrições para palestras gratuitas entre os dias 9 e 11 de novembro, das 14 às 17 horas.
As três palestras serão ministradas pelos professores Eric Toubiana (Université Paris 7), Daniel Kupermann (IP) e Ana Maria Loffredo (IP). As inscrições devem ser feitas até às 17 horas do dia 5 de novembro, pelo email pospsc@usp.br. As palestras acontecerão no anfiteatro do Bloco G do IP (Av Prof. Mello Moraes, 1721, Cidade Universitária, São Paulo). Mais informações: (11) 3091-1947 / 4910

Saúde na América Latina

Acontece na quarta-feira (14), a partir das 14 horas, na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, a conferência Perspectivas e desafios dos sistemas de saúde na América Latina, proferida pelo médico italiano Renato Tasca, coordenador da Área Técnica de Serviços de Saúde da Organização Panamericana da Saúde (Opas) no Brasil, entidade ligada à Organização Mundial de Saúde (OMS). Aberta e gratuita, a palestra acontece na Sala Walter Belda, na Fcaculdade de Saúde Pública (Av. Dr. Arnaldo, 715, Cerqueira César, São Paulo, próximo ao Metrô Clínicas). Não é necessária inscrição prévia. Mais informações: email danipsac@usp.br (fonte: USPOnline)

Prevenção Câncer da Boca

Quando fazer exame preventivo para cancêr da boca? Se estiverem presentes qualquer uma destas características:
- Ferida na boca que não cicatriza;
- Dor para mastigar e engolir;
- Mancha branca na boca;
- Mancha ou ferida no lábio;
- Ferida na gengiva causada por dentadura;
- Caroço duro no pescoço.

(fonte: Assessoria de Imprensa / Santa Casa - SP)

Esquizofrenia x Postos de Trabalho

Um dos maiores obstáculos que uma pessoa com esquizofrenia enfrenta ao pensar em procurar emprego é o estigma que ela coloca em si mesma. Para ajudar os pacientes a superar essa e outras dificuldades na hora de encontrar trabalho, o Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) lançou o Projeto Esquizofrenia.
O objetivo principal da iniciativa é a reinserção no mercado de trabalho, mas os pacientes que participaram do projeto piloto também tiveram melhoras nas relações sociais e alguns voltaram a estudar.

A coordenadora do Projeto, Belquiz Avrichir, psiquiatra do IPq, conta que o programa piloto atendeu 13 pacientes, por seis meses em 2008, desses sete (54%), já estão trabalhando ou, estudando
Confira a matéria completa da jornalista Beatriz Flausino acessando em: http://www.usp.br/agen/?p=7596

Campanha Prevenção Câncer da Boca

A Santa Casa de São Paulo, através do Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e da Liga de Oncologia, irá realizar a “Campanha de Prevenção do Câncer da Boca” no dia 17 de outubro, das 8h às 12h, no Ambulatório de Especialidades Dr. Geraldo Bourroul.

Neste dia, alunos da Liga de Oncologia da Faculdade de Medicina da Santa Casa e residentes na especialidade, supervisionados por médicos e da Instituição e professores da Faculdade, irão auxiliar no atendimento e realizar exames em mais de 200 pessoas. Não é necessário fazer inscrição, basta comparecer no local informado no dia da Campanha.

Os exames têm a finalidade de detectar lesões precoces, ainda não diagnosticadas. Os pacientes portadores das lesões serão encaminhados para tratamento ambulatorial. Além disto, os pacientes assistirão a uma palestra de esclarecimento sobre a doença e sobre os fatores de riscos relacionados ao câncer da boca.

O câncer da boca é uma doença bastante comum em nosso meio, representando em alguns estados brasileiros importante localização, em freqüência, entre todos os tipos de neoplasias malignas. No estado de São Paulo os tumores de cavidade oral representam a quinta causa geral de neoplasia maligna. O sexo masculino é mais acometido do que o feminino com taxas que variam entre 2:1 a 4:1.

De acordo com o o médico Antonio José Gonçalves, chefe da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço da Santa Casa, “a incidência de câncer da boca em homens ultrapassa 20 casos por 100.000 habitantes². Porém, no sexo feminino tem se observado um aumento da incidência da doença nos últimos anos, sobretudo relacionado ao aumento do hábito de fumar. O principal fator de risco é o tabagismo, que associado à ingestão de bebidas alcoólicas, torna-se ainda mais perigoso. A região da boca que mais comumente é acometida é a língua, no entanto, o câncer pode ocorrer em qualquer parte da cavidade oral.”

São consideradas suspeitas lesões ulceradas ou verrucosas, lesões esbranquiçadas ou avermelhadas, planas, elevadas ou com aspecto rugoso, localizadas em qualquer parte da boca. Apesar de sua freqüência no meio médico o seu diagnóstico geralmente é feito em estágios avançados da doença, onde as possibilidades de tratamento e cura são muito reduzidas. Grande parte dos doentes permanece longo tempo tratando de lesões potencialmente perigosas com automedicação ou acompanhamento inadequado e procuram tardiamente o médico.

A educação e a informação da população são fatores determinantes para que se possa prevenir, diagnosticar e tratar precocemente as doenças malignas da boca. Outro fator igualmente importante e que pode ser prevenido é a higiene bucal (inclusive dentaria). Sabemos que a incidência maior do câncer de boca ocorre em pacientes com precária higiene bucal e má conservação dos dentes, bem como o uso de próteses dentárias mal adaptadas.

“É muito importante que a população esteja informada sobre a doença e encontre na Santa Casa de São Paulo a possibilidade de se apresentar para um exame preventivo, caso se encontre em qualquer dos grupos de risco, esteja apresentando qualquer alteração suspeita em sua boca, ou simplesmente para que seja orientada acerca da doença e sua prevenção”, afirma Gonçalves.
VII Campanha de Prevenção do Câncer da Boca
Exame Gratuito
Local: Ambulatório de Especialidades Prof. Dr. Geraldo Bourroul / Rua Martins Fontes, 208 - Centro
Data: 17/10/2009 – Sábado
Horário: 8h às 12h

(fonte/texto: Assessoria de Imprensa Santa Casa-SP)

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Grupos de Gênero

A equipe do Dr. Luiz Cuschnir inicia no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC da FMUSP) mais um programa de 10 semanas do Gender Group (grupos de gênero) com homens e mulheres (primeiro em separado e depois em conjunto), neste mês. Serão 10 sessões grupais semanais, uma vez por semana, de uma hora e meia, às quintas-feiras pela manhã. O foco é “Ser Homem e Ser Mulher na atualidade, visando o desenvolvimento da identidade masculina e feminina”. As inscrições para entrevistas individuais com a equipe estão abertas nesta semana agendadas pelo telefone (11)3069-6576, com Rosely. O programa completo - incluindo entrevistas e sessões - custa R$ 600,00.

Dependentes de Álcool

O Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP está triando homens de 18 a 60 anos, dependentes de álcool e que não façam uso de outras drogas, com exceção de tabaco, para tratamento e acompanhamento em projeto de pesquisa, baseados em orientação comportamental e medicação pelo período de três meses. As inscrições podem ser feitas pelo telefone: (11) 3069-6960. (fonte: Assessoria de Imprensa IPq-HC/FM-USP)

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Cardiologia Pediátrica

No sábado (3), a partir das 8 horas, acontece a sétima edição da Jornada Internacional de Cardiologia Pediátrica de Ribeirão Preto, promovida pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

O evento terá mesas-redondas, miniconferências e uma sessão de controvérsias. Contará com a participação de pesquisadores da FMRP, do Hospital das Clínicas da FMRP, do Instituto do Coração de São Paulo (Incor), Hospital Pequeno Príncipe (Curitiba, Paraná), do Hospital de Pediatria J.P.Garrahan (Buenos Aires, Argentina), Hospital Universitário 12 de outubro (Madrid, Espanha).

A jornada acontece no Centro de Convenções de Ribeirão Preto (Rua Bernardino de Campos, 999). As inscrições podem ser feitas pelo site do evento, que também disponibiliza programação completa. As taxas variam entre R$ 90 e R$ 120.

Mais informações: (16) 3602-2497 / 2869 ou pelo email viijornada@rca.fmrp.usp.br ou ainda pelo site http://www.rca.fmrp.usp.br/eventos/apresentacao.html
(fonte: USP Online)

Dor de cabeça crônica é maior em filhos de mães fumantes

A cefaléia crônica em crianças em idade escolar, caracterizada por episódios repetidos e dor de cabeça, pode estar associada ao tabagismo materno durante a gestação. Esta é a conclusão da pesquisa de doutorado do enfermeiro Carlos Eduardo Fabbri, no programa de pós-graduação em Saúde da Criança e do Adolescente, na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

Os resultados reforçam as evidências científicas já descritas na literatura, que indicam que o tabagismo materno durante a gravidez está envolvido em uma série de consequências negativas para a criança ao longo da vida. A cefaléia crônica seria uma delas.

A matéria completa de Rosimeire Soares Talamone, você pode ler em:
http://www.usp.br/agen/?p=5330

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Mais uma vez, a soja...


Esta leguminosa versátil é essencial para a dieta dos japoneses, que têm o maior nível de longevidade do mundo. No Ocidente, a soja é mais conhecida por seus derivados - tofu, leite, suco e iogurte de soja - e pelos substitutos da carne, como a proteína texturizada. A soja é uma excelente fonte de proteína vegetal, fibras e carboidratos complexos. É conhecida por reduzir o colesterol e prevenir taxas altas de triglicérides, que podem provocar doenças cardíacas. Além disso, a soja contém antioxidantes que preservam a juventude, como o ácido fítico, que ajuda a evitar a formação de coágulos nas artérias. No entanto, talvez o melhor atributo da soja seja o fato de conter muitos microelementos, como as saponinas e as isoflavonas - flavonóides que são convertidos pelo organismo em fitoestrógenos, que, por sua vez, apresentam propriedades anticancerígenas, benefícios aos ossos e diminuem o risco de doenças cardiovasculares. Esta leguminosa contém vitamina E - vital para pele e cabelos -, e vitaminas do complexo B, que fortalecem o sistema nervoso, evitando que o estresse provoque envelhecimento precoce. Seu índice glicêmico é extremamente baixo, ajudando na prevenção do diabetes e aliviando vários sintomas da menopausa. (fonte: 'Alimentos Para Rejuvenescer', de Sarah Merson, Ed. Publifolha)

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

E por falar em rubéola...

O Brasil, assim como outros países das Américas, pretende eliminar a rubéola do continente até o ano de 2010. A doença é o tema de um dos programas que fiz no Pod Ter Saúde. O programa traz como convidado o médico infectologista Marcelo Mendonça. O especialista, que atua nos Hospitais Emílio Ribas, Santa Bárbara e Santa Paula, comenta sobre os sintomas da rubéola, forma de contágio e a razão pela qual gestantes devem evitar o contato com portadores da enfermidade. Para ouvir, basta clicar em:
http://www.podtersaude.com.br/2008/09/23/rubeola/

Portal sobre câncer infantil

Disseminar as informações sobre o câncer infantil e oferecer uma ferramenta que apóie os profissionais médicos a tratarem os pacientes. Esses são os principais objetivos do Portal Oncopediatria, desenvolvido pelo Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Escola Politécnica (Poli) da USP.

Segundo o coordenador técnico do projeto, Adilson Hira, “o portal foi feito para que se possa encontrar informações sobre o câncer, tanto para o público mais leigo, como para médicos e profissionais da saúde.”

O portal conta com uma área de registro de pacientes, o Sistema Oncopediatria.org, baseado nos protocolos de tratamento da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope), que auxilia na troca de informações entre grupos cooperativos de pesquisas e no levantamento de dados estatísticos e epidemiológicos sobre a doença, tipos de câncer mais presentes, localização geográfica, entre outros.

O endereço do portal é: www.oncopediatria.org

(fonte: Agência USP de Notícias)

Curso sobre cuidados paliativos para comunicadores

No dia 7 de outubro, o Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), em parceria com a Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP), promove a primeira edição do Fórum de Cuidados Paliativos para Jornalistas.

Destinado a profissionais da imprensa e estudantes de comunicação, o evento faz parte das comemorações do Dia Mundial de Cuidados Paliativos e seu objetivo é esclarecer os principais conceitos deste modelo de assistência que está crescendo no Brasil e se tornando uma prática normatizada, porém, que ainda enfrenta resistências e é pouco compreendida.

A atividade é gratuita e vale certificado de participação. Interessados devem se inscrever pelo email ancpimprensa@paliativo.org.br, enviando nome, cargo, email, telefone e instituição ou veículo de comunicação ao qual pertencem.

Na ocasião do evento, às 8h30, uma mesa de abertura seguida de coquetel marcam o lançamento do Manual de Cuidados Paliativos da ANCP, e também do novo site da academia. Das 10h20 até as 13h30, acontecem as atividades do fórum, conforme pode ser consultado no site da ANCP.

O evento acontece no Grande Auditório do Centro de Convenções Rebouças (Av. Rebouças, 600, Cerqueira César, São Paulo).
(fonte: USP Online)

Nova vacina contra HPV

Nos próximos meses, pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP irão começar os primeiros testes pré-clínicos com animais com a G-VAX, uma vacina terapêutica para o Vírus do Papiloma Humano (HPV), subtipo 16, responsável pela maioria dos casos de câncer de colo do útero. A vacina não impede a infecção pelo vírus, mas sim ataca as lesões e os tumores causados pelo HPV-16.

A G-VAX foi criada no Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas do ICB, coordenado pelo professor Luis Carlos de Souza Ferreira. As pesquisas envolvendo o seu desenvolvimento tiveram a partipação dos pós-graduandos Mariana de Oliveira Diniz, Francisco Cariri, Bruna Porchia e Vinicius Santana.
A matéria completa sobre a G-VAX pode ser conferida nos eguinte link: http://www.usp.br/agen/?p=5318

Rubéola

São Paulo não registrou nenhum caso de rubéola durante 2009, aponta o último balanço epidemiológico do governo estadual. Acredita-se que o resultado seja fruto da campanha de vacinação contra a doença realizada em agosto e setembro de 2008. Há cinco casos suspeitos em investigação, mas estima-se que o número de ocorrência seja muito menor do que nos dois anos anteriores (746 em 2008 e 1.659 em 2007). Desde 2000, a vacina faz parte do calendário de imunização do SUS.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Veículo para medicamentos “engana” células tumorais

Pesquisadores da USP em Ribeirão Preto criaram uma emulsão lipídica capaz de levar medicamentos até áreas do organismo que costumam rejeitá-los ou a células tumorais. A mistura passa pelas defesas do organismo e é absorvida pelas células dos tumores. Testes em animais mostraram que o veículo pode carregar remédios que tratam o câncer de pele.

“O que a gente busca é o melhor ‘cavalo de Tróia’, capaz de entrar no organismo e não ser eliminado por ele”, compara Antonio Claudio Tedesco, chefe do Laboratório de Fotobiologia e Fotomedicina, onde foi feita a pesquisa. “O veículo deve ser atrativo, sutil e carregar o princípio ativo de interesse”, atesta Tedesco.

A emulsão consegue ser “atraente” porque é a versão feita em laboratório de uma lipoproteína – uma classe de moléculas que circula livremente no sangue e que possui um grande número de substâncias. Um exemplo de lipoproteína é o LDL, o “mau colesterol”. As células têm muitos receptores para detectá-las, porque, quando as absorvem, precisam gastar pouca energia para conseguir uma grande quantidade de nutrientes. As células tumorais têm ainda mais receptores para as lipoproteínas, porque estão em atividade replicadora muito alta.

A matéria feita por Nilbberth Silva, da Agência USP de Notícias, pode ser conferida na íntegra, clicando no seguinte link: http://www.usp.br/agen/?p=5306

Asma

A Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia calcula que de 7% a 10% dos brasileiros têm asma, ou seja, de 14 milhões a 20 milhões de pessoas sofrem com a doença. Esclarecer sobre a necessidade de identificação precoce da asma, com o objetivo de reduzir seus efeitos, é uma das preocupações das autoridades da saúde e também de especialistas. Conversei, no Pod Ter Saúde, com o médico pneumologista Daniel Deheinzelin, Livre Docente de Pneumologia da Faculdade de Medicina da USP, para explicar os sintomas, diagnóstico e tratamento desta doença respiratória. O especialista comentou sobre alguns mitos que cercam a enfermidade e a confusão de sintomas entre asma e bronquite. Para ouvir a entrevista, clique em:
http://www.podtersaude.com.br/2009/09/21/asma-sintomas-e-tratamento/

Exercícios aumentam expectativa de vida


Um estudo publicado recentemente no “Medicine and Science Sports and Exercise” aponta que a atividade física aumenta não apenas a qualidade de vida, mas também a própria expectativa de vida. A pesquisa com 4.400 norte-americanos saudáveis de meia-idade constatou que os participantes que tinham o menor condicionamento físico apresentavam duas vezes mais chances de morrer. Os participantes foram divididos em cinco grupos de acordo com o nível de condicionamento; 25% dos menos condicionados vieram a óbito durante os nove anos do estudo, contra 13% dos que estavam em forma.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Taconesssss!


Adolescentes que usam com frequência calçados de salto alto podem sofrer comprometimento do alinhamento postural e da biomecânica normal da marcha. A conclusão é da dissertação de mestrado da fisioterapeuta Patrícia Angélica de Oliveira Pezzan, defendida recentemente na Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), sob a orientação da professora Silvia Maria Amado João. O objetivo do estudo foi analisar a influência dos calçados de salto alto, do tipo anabella, na postura e na marcha de jovens entre 13 e 20 anos de idade.

A matéria completa sobre as consequências prejudiciais do uso de salto alto pode ser lida em:
http://www.usp.br/agen/?p=4918

Jornada da Dor

No próximo sábado (26), a partir das 8 horas, a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP receberá a primeira Jornada da Dor no Câncer, promovida pela Liga da Dor de Ribeirão Preto (Lidorp).

Médicos, terapeutas ocupacionais, enfermeiras, psicólogos e fisioterapeutas discutirão como lidar com a dor de pacientes de diversas idades e patologias.

O evento é direcionado a residentes, estudantes de pós-graduação, graduação e aprimorandos da área da saúde. As inscrições, que podem ser realizadas no site da Lidorp, custam entre R$ 15,00 e R$ 25,00.

A jornada acontecerá na sala 1E do Bloco Didático da Faculdade de Medicina Ribeirão Preto, que fica na Av. Bandeirantes, 3900, Monte Alegre, em Ribeirão.

Mais informações: www.fmrp.usp.br/lidorp

(fonte: USP Online)

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Doenças do sono

Acidentes, quedas de rendimento, aumento da ausência no trabalho e comprometimento imunológico são algumas das consequências que os indivíduos com distúrbios do sono podem sofrer. Além de prejuízo na qualidade de vida, quem sofre de insônia, apnéia e dos chamados transtornos do movimento sono-relacionado pode aumentar as chances em desenvolver hipertensão arterial, diabetes e cardiopatias. Para falar sobre as principais doenças do sono, entrevistei o Agnaldo Carlesse, chefe do Ambulatório do Sono da UNISA (Universidade de Santo Amaro) e coordenador médico da Sono Care – Laboratório de Doenças do Sono. No bate-papo, o médico otorrino fala também sobre os métodos de diagnóstico e tratamento, além de dar orientações para um sono saudável. Ouça o programa em:
http://www.podtersaude.com.br/2007/08/08/doencas-do-sono/#comm

Nanar bem


Quem não gosta de uma baladinha? Porém, a gente não vive (e bem) só de festa e mil atividades. Boas horas de sono são fundamentais para recuperar o corpo, armazenar as informações na memória, garantir criatividade e bom humor, liberar o hormônio do crescimento, responsável pela renovação celular. “A quantidade de sono ideal varia de pessoa para pessoa e deve ser suficiente para você acordar bem-disposta e não ficar sonolenta durante o dia.”, diz o neurologista Luciano Ribeiro Pinto Júnior, presidente da Associação Brasileira do Sono, em São Paulo.


(fonte: revista Claudia)

sábado, 19 de setembro de 2009

E falando em vacinação infantil...

As vacinas foram criadas para ensinar o sistema imunológico a reconhecer agentes agressores que podem provocar doenças e a reagir produzindo anticorpos capazes de combatê-los. No Brasil, uma das iniciativas de maior sucesso no Brasil é o Programa Nacional de Imunizações; a tal ponto que certas enfermidades desapareceram por completo das clínicas médicas e hospitais. A poliomelite é um exemplo indiscutível de doença que desapareceu do território nacional graças a esse programa de imunização. Convidamos a médica infectologista Mônica Mendonça Lima para falar sobre as primeiras vacinas a serem administradas às crianças e o esquema correto de vacinação infantil. A especialista, do Hospital Emílio Ribas, fala ainda sobre doses de reforço e a proteção paralela em relação a outras enfermidades.

Para ouvir o áudio da entrevista, clique em:
http://www.podtersaude.com.br/2009/08/10/vacinacao-infantil/

Vacinação contra a pólio

Pais de crianças com menos de cinco anos devem levar, hoje, seus filhos aos postos de saúde de todo o país para tomar a vacina contra a poliomielite, doença que causa a paralisia infantil. Esta é a segunda fase da campanha de vacinação em 2009, e tanto as crianças que já tomaram a vacina neste ano quanto as que não tomaram devem receber a segunda dose no fim de semana.

Segundo o Ministério da Saúde, a meta é vacinar cerca de 14,7 milhões de crianças - 95% das crianças menores de cinco anos no Brasil. A vacina estará disponível em 115 mil postos em todo o país, que ficam abertos neste sábado até as 17h - é recomendado conferir o horário de vacinação no posto mais próximo. Também é necessário levar a caderneta de vacinação da criança.

Destacando que crianças com sintomas de gripe suína não devem ser vacinadas.

Problemas amorosos

O Instituto de Psicologia (IP) da USP promove no dia 1 de outubro, às 20h30, a palestra Tratamento psicológico de problemas amorosos, com Ailton Amélio da Silva, professor do Instituto.

O relacionamento amoroso é uma das fontes mais poderosas de alegrias e tristezas para o ser humano. Por isso, as conversas sobre este tema são tão frequentes nas reuniões informais e nas sessões terapêuticas.

Apesar desta importância, pouquíssimos cursos de formação de profissionais que tratam de problemas amorosos oferecem conhecimentos e treinamento para lidar com eles com eles de forma eficiente. A palestra vai identificar os principais problemas que prejudicam os relacionamentos amorosos e apresentar algumas maneiras de lidar com eles.

O evento é gratuito, porém restrito a quem está cursando, ou já concluiu o curso de Psicologia, ou Medicina Psiquiátrica. Todas as inscrições deverão ser realizadas por e-mail. Para se inscrever é necessário enviar um email para dialogo.usp@uol.com.br.

A palestra acontece no IP, Rua Prof. Mello Moraes, 1721, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: email dialogo.usp@uol.com.br

Santa Casa (SP) realiza concurso para Residência Médica

De 1º a 23 de outubro, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo receberá inscrições para o concurso de seleção a Residência Médica em diversas especialidades para o ano de 2010.

A inscrição é aberta a médicos formados em todo o Território Nacional, por Faculdades oficiais ou reconhecidas, bem como médicos formados no exterior, com diploma revalidado pelas Universidades autorizadas pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), segundo a resolução do Conselho Federal de Medicina nº 1832/08.

As inscrições devem ser feitas através do site http://www.santacasasp.org.br/, onde os candidatos encontram todas as informações para o concurso.


(fonte: assessoria de imprensa Santa Casa/SP)

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Hipertensão: medicamentos são o único remédio?

O que caracteriza a hipertensão arterial? Quais os sintomas? Como e porque tratá-la? Estes são alguns dos importantes pontos da entrevista do Pod Ter Saúde com o médico cardiologista Fernando Sérgio Costa Viana, membro da Sociedade Brasileira de Cardiologia e Mestre em Cardio Farmacologia pela UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Na entrevista, o especialista esclarece também sobre a relação da hipertensão com outras enfermidades e como o estilo de vida pode interferir positivamente na pressão arterial.

Ouça o bate-papo, clicando em:
http://www.podtersaude.com.br/2007/09/03/hipertensao-arterial-medicamentos-sao-o-unico-remedio/

Cursos de Técnico em Enfermagem e Radiologia

A Escola de Enfermagem da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo está com inscrições abertas até o dia 06 de novembro para o Processo Seletivo do 1º semestre de 2010 nos cursos de Técnico em Enfermagem e Radiologia.

Mais informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas no site da instituição. Por meio do portal, aliás, as inscrições podem ser feitas. Acesse: http://www.santacasasp.org.br/

(fonte: assessoria de imprensa da Santa Casa/SP)

Mulheres hipertensas

O Ambulatório de Planejamento Familiar da Ginecologia do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP convida mulheres hipertensas, com idade de 18 a 42 anos, para participarem de pesquisa clínica que irá avaliar os efeitos dos diferentes métodos contraceptivos (pílula, injetável mensal e DIU) no controle da pressão arterial.

Coordenado pela médica Cassiana Giribela, sob orientação dos professores Nilson Roberto de Melo e Fernanda Consolim Colombo, do HC, o estudo irá analisar também a influência dos contraceptivos nos exames de sangue, como colesterol, glicemia, hormônios masculinos e funcionamento dos vasos sanguíneos. A duração da pesquisa é de 12 meses.

Para participar, a mulher não deve estar em uso de nenhum método anticoncepcional, não ser fumante, não ser obesa e não apresentar outro problema de saúde.

A triagem será feita nos próximos três meses. Ela acontecerá às quartas-feiras, às 8 horas, no Ambulatório de Planejamento Familiar da Ginecologia do HC, na Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 155, Cerqueira Cesar, São Paulo próximo a Estação Clínicas do Metrô.

Durante a pesquisa, as participantes contarão com atendimento ginecológico, coleta de papanicolau, acesso a anticoncepcionais, controle frequente da pressão arterial e realizarão exames de sangue.

Mais informações: email protocolohipertensao@hotmail.com

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Hadoque

Parente do bacalhau, o hadoque contém muitos nutrientes que ajudam a manter a juventude e a boa forma. O hadoque é fonte de várias vitaminas do complexo B, que são benéficas para o cérebro e combatem a fadiga. Tem muito ácido fólico, que reduz os níveis de homocisteína no organismo, prevenindo doenças cardíacas, diabetes e osteoporose. Estudos apontam que também seja anticancerígeno. Esse peixe é ainda rico em iodo, necessário para produzir hormônios da tireóide, que regulam o metabolismo. Também contém zinco, importante para a imunidade; enxofre, bom para a pele; e cálcio, que fortalece os ossos, contribuindo para a prevenção de doenças como a osteoporose.



(fonte: 'Alimentos Para Rejuvenescer', de Sarah Merson, Ed. Publifolha)

Água e idosos

Todo mundo precisa tomar água, mas as pessoas idosas, mais ainda. Para elas, que já têm uma reserva hídrica naturalmente menor, uma desidratação pode ser fatal. O pior é que seus mecanismos de equilíbrio interno já não funcionam tão bem e elas não sentem sede, esquecendo-se de repor as perdas. Assim, é fundamental que se ofereçam líquidos para os idosos o tempo todo. Água, sucos, frutas, leite, chá, gelatina, sopa. Tudo vale.
Assim começa o texto do clínico geral Arnaldo Lichtenstein, do Hospital das Clínicas (SP), sobre a importância da água para a saúde, sobretudo para os idosos. Texto que você pode conferir na íntegra acessando o link: http://www.caras.com.br/edicoes/730/textos/261/

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Atividade física para terceira idade

A exemplo de muitos países da Europa, é cada vez maior o número de idosos no Brasil. Atualmente na sociedade brasileira, um a cada dez indivíduos tem mais de 60 anos de idade. Um número que só tende a aumentar. Segundo estimativas do IBGE, o país terá em 2030 a sexta população mundial de idosos. Além da maior expectativa de vida, muitos representantes da terceira idade estão de olho na melhor qualidade de vida e contam com o exercício físico como aliado. Educadora física especialista em Ciências do Movimento Humano, Jaqueline Andriolo Lazzari, aborda os benefícios da atividade física na terceira idade, suas limitações e orientações práticas para aqueles que pretendem começar. Confira o áudio da entrevista com a especialista em: http://www.podtersaude.com.br/2006/12/13/atividade-fisica-para-terceira-idade/

Tomar água em jejum de manhã faz bem?


Sim. Tomar um copo de água antes do café-da-manhã, além de hidratar o organismo, ativa a musculatura do intestino e melhora seu funcionamento - principalmente se for água morna. "É por isso que costumamos dizer que beber um copo de água pela manhã tem efeito desintoxicante", diz a nutricionista Vanderli Marchiori, da Associação Paulista de Nutrição. Segundo a especialista, um copo de 200 ml já surte o efeito desejado e não é preciso acrescentar algumas gotas de limão, como muita gente faz. "O limão só acidifica mais o nosso corpo e, portanto, não é recomendável para quem sofre de azia, queimação, gastrite e úlcera, por exemplo", diz.

Tão ou mais importante que beber água em jejum pela manhã, no entanto, é manter o corpo hidratado ao longo do dia. O ideal é ingerir entre 2 e 3 litros de água por dia, conforme explica o clínico geral Arnaldo Lichtenstein, do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP). "Isso faz com que a urina não fique muito concentrada e possa eliminar as impurezas filtradas pelo rim. Ao mesmo tempo, a ingestão adequada de líquidos favorece a eliminação de fezes", ressalta. A hidratação abundante durante o dia é ainda mais recomendada em países de clima quente, como o Brasil, onde se perde muito líquido pelo suor.


(fonte: revista Vida Simples)

Saúde e Meio Ambiente

No seminário internacional Risco, Saúde e Meio Ambiente, que acontece nos dias 21 e 22, a partir das 9 horas, especialistas estrangeiros com pesquisas e publicações relevantes sobre o tema debaterão suas contribuições com pesquisadores brasileiros.

A organização é do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP, em parceria do com o Departamento de Saúde Ambiental da FSP e do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP.

Gratuito, o seminário acontece no Auditório João Yunes, na Faculdade de Saúde Pública (Av. Dr. Arnaldo, 715, Cerqueira César, São Paulo, próximo ao Metrô Clínicas). Mais informações: (11) 3091-1685, email mailto:%20ineshita@usp.br, com Inês Iwashita.


(fonte: USP Online)

Pesquisa analisa aplicação de vacina contra HPV

Considerada a doença sexualmente transmissível (DST) mais comum no mundo todo, o Vírus do Papiloma Humano (da sigla em inglês, HPV) é o principal responsável pelo desenvolvimento do câncer de colo do útero, também conhecido como câncer cervical. Em pesquisa feita em uma maternidade pública da capital paulista, a médica Cristina Helena Rama constatou que quase 60% das mulheres entre 15 e 24 anos, que acabaram de ter o primeiro filho, possuem o HPV.

Para ler a matéria completa sobre o estudo publicada pela Agência USP, clique em:
http://www.usp.br/agen/?p=4187

terça-feira, 15 de setembro de 2009

A importância das fibras na alimentação

Autora de livros de Gastronomia, além de responsável pela produção culinária e apresentação de programas de TV, a nutricionista Cinthya Maggi é conhecida pelo grande público por seu trabalho em prol da alimentação equilibrada e saudável. Graduada em nutrição pela Universidade Anhembi-Morumbi e pós-graduada em nutrição clínica pela Universidade São Camilo, Cinthya Maggi foi minha convidada do Pod Ter Saúde para falar sobre a importância das fibras na alimentação. A nutricionista comenta, por exemplo, como as fibras auxiliam na prevenção de doenças graves e nas dietas de emagrecimento.

Para conferir, acesse:
http://www.podtersaude.com.br/2007/02/28/a-importancia-das-fibras-na-alimentacao/

Um, dois; arroz, arroz..


A onda das dietas de proteína fez muita gente tirar o arroz do prato. Mas a ausência dessa fonte de carboidrato, na verdade, dificulta a perda de peso. Um estudo da Universidade do Estado de Iowa, nos Estados Unidos, mostrou que quem come ¼ de xícara por dia de arroz (branco ou integral) controla melhor a fome a queima mais facilmente as gorduras estocadas no corpo. “As verduras e frutas contêm carboidratos, mas nem sempre garantem energia suficiente para o organismo metabolizar a gordura e a proteína dos músculo acaba sendo usada”, explica a nutricionista Adriana Kobayashi, de São Paulo. E você sabe: quanto menos massa magra, mais lento fica o metabolismo, o que dificulta a perda de peso. Para obter mais benefício, prefira ao arroz integral – por causa das fibras, aumenta a sensação de saciedade ajudando você a se contentar com porções menores.


(fonte: revista Boa Forma)

sábado, 12 de setembro de 2009

Sorriso, riso, gargalhada




Um minuto de gargalhada proporciona a mesma sensação de bem-estar que 15 minutos de bicicleta. A constatação é do psiquiatra William Fry, da Universidade de Stanford (EUA). Como atividade física, é claro, que vale apostar na bicicleta. Mas, se a intenção é ter agradáveis sensações trazidas pelo rir, lance mão de qualquer artifício: filmes, livros, teatro, aquele(a) amigo(a) engraçado...

Excesso de trabalho

A síndrome de Burnout (do inglês ‘to burn out’, queimar por completo), também chamada de síndrome do esgotamento profissional, foi assim denominada pelo psicanalista nova-iorquino, por Herbert J. Freudenberger, após constatá-la em si mesmo, no início dos anos 70. A dedicação exagerada à atividade profissional é uma característica marcante de Burnout, mas não a única. Para conhecer este distúrbio, convidei a psicóloga Wilze Bruscato, professora adjunta da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo para participar do Pod Ter Saúde. A especialista aborda, entre outros pontos, o caráter depressivo da síndrome e diferencia o Burnout do ‘simples’ estresse profissional.


Acesse o bate papo, clicando em:
http://www.podtersaude.com.br/

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Ainda o squash...

O squash foi eleito o esporte mais saudável pela revista americana Forbes. Para chegar a essa conclusão, foram analisados seis itens: força, resistência cardiorrespiratória e muscular, flexibilidade, risco de contusão e calorias eliminadas. Pode até soar contraditório, mas nada como praticar uma atividade exaustiva para se sentir disposta. “Quando praticado regularmente, relaxa e garante resistência em dobro para realizar as atividades diárias”, atesta o médico do esporte Luís Fernando Leite de Barros, de São Paulo. Mais motivação: 20 minutos de jogo eliminam 285 calorias.




(fonte: revista Claudia)

Squash


Nem futebol, nem corrida. O esporte que mais gasta calorias é o squash, aquele jogo em que dois participantes usam uma raquete para rebater uma bolinha contra uma parede.

Segundo o professor de Educação Física Luciano Castro, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), ao praticar squash, uma pessoa de aproximadamente 70 kg gasta, em uma hora, de 700 a 800 calorias.

Mas esse valor pode variar de pessoa para pessoa, dependendo da sua massa muscular e de como o esporte é praticado. "Devemos levar em conta a intensidade do exercício e se ele é desenvolvido de uma maneira razoável", explica.
Isso quer dizer que um iniciante no esporte, por exemplo, não terá o mesmo gasto calórico de um praticante habitual. Confira abaixo uma relação com o gasto calórico aproximado por hora para uma pessoa de aproximadamente 70 kg em vários esportes.
Basquete - 500 a 600 cal/h
Ciclismo - 350 a 550 cal/hCorrida - 500 a 600 cal/h
Futebol - 500 a 700 cal/h
Hidroginástica - 300 a 400 cal/h
Ginástica Aeróbica - 350 a 500 cal/h
Caminhada - 300 a 400 cal/h
Natação - 500 a 600 cal/h
Squash - 700 a 800 cal/h
Vôlei - 350 a 400 cal/h
Tênis - 450 a 550 cal/h
Vôlei de praia - 400 a 550 cal/h
Remo - 550 a 700 cal/h

(fonte: Terra)

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Esclarecendo sobre o transtorno bipolar...

O transtorno bipolar é caracterizado por oscilações ou mudanças cíclicas de humor. Estas mudanças vão desde variações normais, como nos estados de alegria e tristeza, até mudanças bastante acentuadas, com ciclos e episódios que causam interferência negativa na vida de seus portadores.

Conversei com a médica psiquiatra e psicoterapeuta Rosilda Antonio, que é Membro da Associação Brasileira de Transtorno Bipolar, sobre o assunto

No programa Pod Ter Saúde, a especialista aborda, entre outros pontos, os sintomas, as formas de tratamento e o impacto do transtorno bipolar no dia-a-dia de seus portadores.

Você pode conferir a entrevista da coorganizadora dos Encontros Psicoeducacionais do Grupo de Doenças Afetivas do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (SP) acessando o link:
http://www.podtersaude.com.br/2009/07/13/transtorno-bipolar/

Ainda falando da linhaça...


No caderno Equilíbio, da edição de hoje do jornal Folha de S. Paulo, existe um artigo que traz os benefícios da linhaça - especialmente da semente em relação ao óleo - para a saúde. A jornalista Rachel Botelho repercute a publicação de estudos feitos na China e publicados no "American Journal of Clinical".


A matéria na íntegra pode ser vista na edição on-line do jornal, no entanto, apenas para assinantes da Folha ou do UOL.


Mas destaco aqui a opinião da nutricionista Cibele Crispin, da Unifesp. Ela indica que as pessoas devem dar preferência às sementes. "Elas possuem fibra, que diminui a absorção de colesterol no intestino, vitamina E, que é antioxidante e o ômega 3".


E mais: para aproveitar as vitaminas é importante triturar a semente no liquidificador. E depois acrescentar esta farinha às bebidas ou comidas, sem comprometer o sabor e dando uma turbinada na saúde.

Linhaça


Contam os arqueólogos que a linhaça era usada em mumificações no Egito. Outros achados apontam que era empregada com sucesso para tratar ferimentos. E, se antigamente fazia parte até mesmo de rituais, hoje ela marca presença nos laboratórios de grandes centros de pesquisa em nutrição.


Na Universidade de Toronto, no Canadá, por exemplo, a cientista Lilian Thompson comprovou que a semente é capaz de barrar a metástase em pacientes com câncer de mama ou seja, a linhaça evitou que o tumor se espalhasse e tomasse conta do organismo.


Confira na íntegra a matéria da jornalista Regina Pereira, da revista Saúde, acessando:

Mulheres que correm...


Se você gosta de correr e, corretamente, dedica tempo e esforços para encontrar o calçado certo para a prática esportiva, deve estender esta atenção à escolha do sutiã usado durante o treino.

Um estudo, conduzido pela Universidade de Portsmouth, da Grã-Bretanha, confirma que correr sem sutiãs apropriados para esportes pode causar danos aos seios, deixando-os caídos.

Os cientistas estudaram os movimentos feitos pelas mamas durante uma corrida e descobriram que elas balançam seguindo uma trajetória no formato do número oito. Ao fazer esse movimento, a cada passo na corrida, os seios com tamanho médio na Grã-Bretanha (equivalente aos tamanhos de 44 a 46 no Brasil) balançam nove centímetros cada um. Seios maiores balançam mais.

A corrida força a frágil estrutura de suporte das mamas, especialmente a estrutura conhecida como ligamentos de Cooper. Ao romper ou danificar esses ligamentos, a mulher corre o risco de ficar com os seios "caídos".

Os pesquisadores também descobriram que a corrida sem o suporte adequado provoca dor e desconforto temporários.

O uso de sutiãs esportivos reduz o esforço exigido dos ligamentos de Cooper. Vale, ainda, apostar em tops apropriados. Feitos com tecido elástico dão boa sustentação e evitam o balanço excessivo.


(fonte: BBC Brasil)

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Cirurgia urológica

O Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), promoverá na sexta-feira (11) e no sábado (12), das 8 às 17 horas, o curso "Técnicas contemporâneas de cirurgia urológica".

Direcionado a médicos, residentes e estudantes da área, o curso focará as técnicas cirúrgicas mais praticadas em urologia e as formas de prevenção e tratamento de complicações.

O curso acontecerá no Centro de Convenções Rebouças (Av. Enéas de Carvalho Aguiar, 600, Cerqueira César, São Paulo, próximo à estação Clínicas do metrô) e tem supervisão do professor Miguel Srougi e coordenação dos médicos Ricardo Jordão Duarte e Mário Paranhos.

O curso é gratuito para residentes, pós-graduandos e estudantes.

Mais informações: (11) 3060-8080, site http://www.uro.usp.br/

Fórum de Enfermagem

O Hospital Universitário (HU) da USP realiza no dia 22, a partir das 8 horas, a quarta edição do Fórum de Técnicos e Auxiliares de Enfermagem.

O evento é dirigido a profissionais e estudantes de enfermagem da USP e de outras instituições. Haverá palestras e apresentação de trabalhos realizados por profissionais do HU.

Entre os principais temas serão abordados a comunicação e a humanização, aspectos emocionais dos profissionais, atividades de enfermagem no Centro Cirúrgico, a avaliação da dor em pacientes pediátricos, diabetes mellitus e LER/DORT.

As inscrições podem ser feitas até o dia 15, pelo formulário de inscrição no site do HU. A taxa é de R$ 30, e deve ser paga por depósito bancário. Os profissionais do HU estão isentos da taxa de inscrição.

O fórum acontece no anfiteatro da Faculdade de Odontologia (FO) da USP, que fica na Av. Prof. Lineu Prestes, 2227, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-9306, site www.hu.usp.br

(fonte: USP Online)

Narcolepsia

Um padrão incomum de sono, que pode afetar a vida de seus portadores de maneira muito complexa. A narcolepsia é um tipo de sonolência diurna que pode deixar o paciente em perigo durante a realização de tarefas comuns, como dirigir e operar certos tipos de máquinas e até em ações que exijam concentração. No Pod Ter Saúde, conversei sobre o tema com a Coordenadora do Instituto do Sono (SP), a médica neurologista Dalva Poyares. Professora do Departamento de Psicobiologia da Unifesp, ela comenta os sintomas, o diagnóstico, o tratamento e a importância da conscientização das pessoas que convivem com o narcoléptico. Ouça em: http://www.podtersaude.com.br/2009/09/08/narcolepsia/

Suco antioxidante


Um suco à base de frutas e vegetais de ‘apenas’ 243 calorias que contém boa quantidade de carboidratos, antioxidantes, vitaminas e que promete garantir o fôlego dos atletas mais radicais. Para prepará-lo, bata no liquidificador o suco de 2 laranjas e de 1 limão com 1 cenoura média, 1 beterraba média, 1 tomate, 4 fatias de gengibre, 18 folhas de hortelã, 10 gotas de própolis, 2 colheres (chá) de pólen e 2 de levedura. Beba de manhã, em jejum, sem coar.


(fonte: Wanderlei Oliveira, diretor da Federação Paulista de Atletismo)




Soja, o super grão

Pesquisas apontam que uma dieta rica em soja combate os sintomas da menopausa, como falta de disposição, ondas de calor, cólicas e dores nas mamas, provocados pela queda na produção do hormônio feminino. Além disso, o grão reduz os riscos de ter osteoporose, hipertensão e alguns tipos de câncer. “Há outros benefícios da soja sendo estudados, como a redução de peso, a prevenção o controle do diabetes. O que se sabe é que o consumo de 25 gramas de proteína de soja por dia reduz o colesterol”, diz a nutricionista Liliana Paula Bricarello, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A quantidade pode ser encontrada em 4 copos de leite de soja ou 230 gramas de tofu.


(fonte: revista Claudia)

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Podcast sobre catarata

Os olhos não parecem ser mais os mesmos. As cores tornam-se esmaecidas. Não se nota a definição de formas e objetos. Ou nossa visão se restringe a simples vultos. Estas são algumas das percepções que os portadores de catarata podem ter ao serem afetados pela enfermidade. Mas, afinal, o que causa a doença? Quais são seus sintomas? Ela está restrita apenas à senilidade? Estas são algumas das questões esclarecidas pelo médico oftalmologista Waldir Portellinha no Pod Ter Saúde. No programa, o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Refrativa explica as diferentes técnicas de implantes intraoculares e fala ainda dos benefícios e riscos da cirurgia de catarata.

Ouça em: http://www.podtersaude.com.br/2009/03/23/catarata/